sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Gosto de Saudade - Olindo Santana

Gosto de sentir saudade,
saudade é sempre perfeita,
é dor ardida no peito,
desmedida e sem defeito...

Saudade é doce agonia,
que não me deixa sem companhia...
o que até me alivia,
saber que não vivi em vão.

Saudade das horas que são,
mas que me nasce a poesia...
E que de outra forma seria?
não fosse a saudade no meu coração!

Saudade do teu gosto,
da primavera no teu rosto...
do teu corpo molhado...
do meu querer descontrolado.

Saudade que bem me faz,
daquela criança em paz,
do primeiro sonho audaz,
que não terei nunca mais.

Saudade se não a tenho...
saudade de algum desdenho...
saudade do melhor beijo...
saudade do que são apenas desejos...