segunda-feira, 3 de junho de 2013

Eu me dou pra você - Olindo Santana

Ah! eu me dou pra você
com todo prazer.
Eu te entrego a minha vida
pra você me explorar...
pra você abusar de mim
Eu me desfaço e me refaço
pelo bem do teu querer.

Sim, eu me dou pra você
em completa satisfação,
para o bem do teu coração.
Não me entrego para repartir,
me entrego para doação,
pra dizer não à solidão,
para aliviar toda a minha tensão.

Eu me entrego sem nada cobrar,
pra você me avaliar,
e somente me dá
o que de menos mereço,
porque esse preço,
eu faço questão de pagar
à submissão do teu olhar.

Eu me entrego pra você,
e que o tempo dê sua sentença.
Me entrego por conveniência,
porque tenho paciência,
de viver pra te ver feliz,
de servir pra não ser infeliz,
porque você é mais,

e eu sou menos, muito menos,
longe de toda a tua paz.